Consoada com "cruzinhados" saudáveis

22-12-2010 13:01

 

 

 
164338
Consoada com cruzinhados saudaveis!


Qual a real importância do Natal nas nossas vidas? E como transmite ele as aspirações de vida de cada um, suas memórias de infância e, porque não dizê-lo, suas crenças culturais?
Parece incontornável que, para a civilização ocidental, o Natal se tornou uma época muito específica, que nos acompanha, querendo ou não, desde o início das nossas vidas, criando expectativas, cultivando idéias e sentimentos específicos. Já vimos e ouvimos todas as opiniões possíveis sobre esta quadra festiva, desde os que dizem adorar a data, passando pelos indiferentes e indo até às que dizem detestar a época por, alegadamente, a associarem a um período de nostalgia e depressão. Sabendo dessas diferenças individuais podemos e devemos estar conscientes da nossa responsabilidade em respeitar e reconhecer os sentimentos de cada um. Extrovertidos e introspectivos, mais velhos ou mais novos, carnívoros ou omnivoros, vegetarianos ou vegans, em todas podemos perceber um jeito diferente de olhar o mundo nos dias de Natal.

Uma coisa é certa: mesmo com tantas diferenças, no interior de cada um de nós existe uma “chama” acesa que sinaliza a essência das pessoas, com todos os seus valores religiosos, morais, cívicos e familiares e que desperta nesta data.


Preparar uma Consoada para essa diversidade de personalidades e culturas não é fácil, mas devemos, em todo o caso, respeitar as diferenças. Temos aqui a oportunidade de introduzir novos pratos, novas idéias, novos conceitos, pois a resistência com que normalmente nos deparamos ao introduzir algo de novo nos hábitos alimentares tem aqui uma boa chance de se enfraquecer nessa época tão mágica, mesmo para aqueles que não acreditam. É como se os ares se preparassem para contagiar os corações de todos e com isso pudessem facilitar o acesso de atitudes nobres como o perdão, a reconciliação, o diálogo e muitas outras dignas e fundamentais no caminho de nossa realização pessoal se consubstanciassem nos sabores natalícios. Se a isto pudermos juntar uma mesa farta sem aumentar o colesterol, sem ter os impedimentos da diabetes, sem comprometer a tensão arterial educando pacientemente hábitos antigos mais conservadores, ensinar dicas e receitas de como melhorar a nossa saúde, ou ainda mais importante, de como melhorar a saúde daqueles que amamos sentirá, por certo, uma sensação de realização. Quem já pensou no quanto participou de momentos que fizeram a vida de um outro alguém melhor, mais saudável, mais equilibrada?


Com este espírito de tolerância e compreensão, propomos algumas alterações na ementa de modo a que a mensagem a passar seja simples: faça os seus doces sem açúcar, não use óleo, elimine a carne e o peixe. A aposta deve fazer-se nas verduras, nas frutas e nos germinados, recomenda Márcia Almeida (leitedaterra@gmail.com) , responsável pelo site “Leite da Terra” (http://www.leitedaterra.blogspot.com/).


Deve também substituir os fritos e salgadinhos como entrada na noite da Consoada. Coloque pratinhos com Cruditeés (Palitos) de cenoura e de courgettes e patés de vários sabores . De entrada uma sopa tradicional de cenoura crua com folhas de espinafres. Para o prato principal faça uma lasagna de beringela com molho de pinhões, espinafre e molho de tomate. As sobremesas são o ponto forte por isso use e abuse da sua imaginação: mousse de frutas da época, doce em taças, frutas recheadas....O valor dos pratos crus está no facto de não usarmos açúcar e pouquíssimo, ou nenhum, azeite e sal. A moderação deve começar na confecção.


Mas não basta. Devemos ter muita cautela na maneira como nos servimos já que a comida crua tem a vantagem de nos “encher” mais depressa, e se queremos provar de tudo devemos ser moderados a servimo-nos. As sobremesas são de sonho (como é obrigatório em todas as sobremesas). Por isso o critério de não abusar nos pratos salgados coloca-se também aqui. Podemos terminar a refeição com um sumo natural de abacaxi para auxiliar na digestão.


Depois da refeição principal, e ao longo da noite, a atenção será focada nos frutos secos, que, apesar de serem muito ricos em vitaminas e minerais, também têm muita gordura. Mas depois de uma Consoada tão magnífica, duvido que haja quem vá abusar.

Algumas dicas
Para comer bem
Use só azeite extra virgem; reduzir o sal; reduzir o açúcar, preferindo o açúcar das passas e das tâmaras; optar sempre por produtos integrais e biológicos.

Para poupar
Fazer lista dos ingredientes dos pratos e dos doces e só comprar o que está na lista; aproveitar campanhas e promoções .

Entrada
Cruditeés (Palitos) de cenoura e de courgettes e pates de vários sabores

Ingredientes (para oito pessoas):
6 cenouras, 3 courguettes, 1 cebola pequena, 1 dentes de alho, 1/2 dl de azeite, 2 chávenas de grão de bico germinado, oregãos.
Preparação: Bata tudo em um bom processador de alimentos, da Bimby a varinha magica o resultado é sempre divinal. Assim que obtiver uma pasta homogenia esta pronto. Pode fazer variações, usando: pimentos, alhos, coentros....

Prato principal
Dose: 8 pessoas

Ingredientes:
4 beringelas médias
Creme de grão de bico germinado
Molho vermelho
Molho Verde
Sumo de 2 limões
1 dente de alho
Alho Francês
Flor de Sal
Shoyo

Modo de Fazer:
Cortar o alho francês em anéis e deixar marinar no shoyo (molho de soja) por uma hora.
Cortar a beringelas longitudinalmente em fatias finas, amassar com sal e limão usando as mãos para amaciar e colocar as fatias num pirex. Reservar.
Colocar a primeira camada de beringela no fundo de um pirex refractário e sobre ela o creme de grão de bico, alternando as camadas com molho vermelho e molho verde. Finalizar com a camada de grão de bico. Distribuir o alho francês marinado sobre a última camada.
Amornar no forno aberto com uma temperatura de 45ºC.

2 - Molho de grão de bico germinado
Ingredientes:
150 gr de grão de bico germinado e descascado
Flor de Sal
Shoyo - molho de soja

Modo de Fazer:
Colocar o grão de bico numa panela furada e amassá-lo com auxilio de um rolo de massa para soltar as cascas. Lavar bem , repetir até não ficar (quase) nenhuma casca.
Processar o grão descascado com alho e sal, acrescentando um pouquinho de água para dar a consistência de molho.

3 - Molho Vermelho
Ingredientes:
1 pimentão amarelo
1 pimentão vermelho
1 tomates maduros sem sementes
1 cebola roxa
Azeite extra virgem

Modo de Fazer:
Picar finamente os ingredientes e misturá-los.

4 - Molho Verde
Ingredientes:
Salsa
Cebolinho
Manjericão
Shoyo

Modo de Fazer:
Picar finamente os ingredientes e misturá-los.

Alternativa ao molho de grão (branco)
5 - Molho Amêndoa - Faz as vezes de queijo
Ingredientes:
100g de amêndoas germinada e sem pele
1/2 dente de alho
flor de sal

Modo de Fazer:
Descascar as amêndoas e processar com alho e sal, acrescentando um pouquinho de água para dar a consistência de molho.
Fecho este artigo com o desejo, sempre ouvido da boca dos que connosco convivem, de que “o ano que aí vem seja melhor!”. Certamente que será. Tudo pode ser diferente à medida que nos permitirmos. Natal é tempo de reflexão! Feliz Natal e votos de melhores refeições.


Nossos Contactos
Conheça uma alternativa, saudável, saborosa e muito barata.
A Comida Vida ou o Crudivorismo ou Raw Food.
Estamos:
Facebook: http://www.facebook.com/#!/pages/Crudivorismo-Comida-Vida-Raw-Food/257632665597?ref=ts

Bog: http://www.leitedaterra.blogspot.com/
Site: http://leitedaterra.webnode.pt/